Envie-nos um email -begue@rhassil.com.br. || Webmail

3 dicas para seu gato ter uma pelagem saudável

Date: dezembro 16, 2015 Author: rhassil Category: Sem categoria

Diminua o stress do seu mascote!
De acordo com a médica veterinária Leila Sena, a perda de pelos após situações de estresse pode acontecer e, geralmente, cessa em poucos dias, desde que o fator causador tenha sido eliminado ou minimizado. “O tutor deve se preocupar com a queda caso ela se torne constante e traga problemas reais para o bigodudo, como o vômito frequente de bolas de pelo e quando a pelagem fica rala”, acrescenta. Para reduzir essa tensão antes da ida ao veterinário, são sugeridas algumas medidas: “O tutor pode acostumar o pet a se sentir confortável dentro da caixa de transporte. Isso é feito deixando-a sempre acessível, colocando um pano ou uma coberta para que ele se habitue a dormir nela. Utilizar Feliway spray dentro da caixa dez minutos antes de sair também ajuda. Outra dica é levar o animal em uma clínica exclusiva para gatos, evitando o contato com latidos de cães, por exemplo.”

Garanta os nutrientes necessários:
comida do bichano está diretamente ligada ao estado da pelagem. “Se o gato não se alimenta adequadamente, pode ocorrer uma deficiência nutricional e influenciar no brilho, na coloração e na resistência do pelo”, atesta Leila. “Um exemplo é uma alimentação deficiente em ácidos graxos essenciais, como ômega 3 e 6, que pode resultar em uma pelagem sem brilho pele escamosa. Nesse caso, há alteração da composição de gordura da pele e do pelo. A ausência de vitaminas do complexo B também interfere no quadro. Essas são apenas algumas alterações que uma má nutrição pode acarretar”, sintetiza. Por isso investir em rações super premium ou em uma alimentação natural balanceada com acompanhamento profissional é tão importante.

Faça a higiene da forma correta:
higienização correta do gato auxilia na baixa ingestão de pelos durante a lambedura – evitando a formação das bolas de pelos – e mantém o pet longe de parasitas que podem provocar alergias. Para isso, tenha as vacinas,vermífugos e antipulgas em dia e dedique tempo à escovação. “Use uma escova macia que entre na pelagem. Pode ser com proteção de silicone nas pontas ou uma que retire bem os pelos mortos”, prescreve Leila. “Caso o pelo esteja embolado, recomendo que procure um profissional. “Para gatos de pelo curto, é recomendado escovar uma vez por semana. Para aqueles de pelo médio e longo, o ideal é a escovação diária, com duração de 15 a 30 minutos”, recomenda André Gatti. Para gatos que não foram acostumados com a escovação, tenha cautela. “Observe como ele reage. Alguns não gostam. Em certos animais a escovação também pode desencadear grande incômodo, como naqueles que possuem hiperestesia felina”, diz Leila.

Fonte: http://revistameupet.com.br/alimentacao/3-dicas/2932/

41 99893-4332
Oi! Estou entrando em contato pelo site, pode me ajudar?
fale conosco pelo
WhatsApp
WEB