Envie-nos um email -begue@rhassil.com.br. || Webmail

Saiba mais sobre o peixe Betta

Date: março 8, 2014 Author: rhassil Category: Sem categoria

Quem vê pela primeira vez um peixe Betta splendens, ou apenas Betta, como é chamado no Brasil, se encanta pelas cores vibrantes que compõem suas nadadeiras e cauda. Mas a sua beleza só não chama mais atenção do que a personalidade forte des sepeixe conhecido por ser naturalmente territorialista. Quem nunca criou um Betta antes tem de se adaptar: o macho da espécie, na maioria das vezes, precisa de um aquário só para ele.

 

Tempreramento

O seu jeito territorialista rendeu uma espécie de “fama” de agressivo ao Betta, que, segundo Marcio Luiz de Araújo, aquicultor e responsável pelo site Betta Brasil, é mal interpretado por muitas pessoas. “Os machos defendem o seu espaço. É da natureza deles”, afirma. “Não quer dizer que sejam agressivos com seres humanos, pelo contrário: quando percebem a aproximação do tratador, se agitam no aquário e, às vezes, seguem a mão do donopelo vidro”, conta.

E as fêmeas?

Apesar do comportamento individualista dos machos, as fêmeas convivem bem entre si.“Uma delas assume a condição de ‘fêmea-alfa’, ditando as regras no ambiente. Ela será a primeira a comer e certamente ocupará o melhor lugar no aquário”, explica Marcio Luiz e acrescenta que é possível manter as Bettas com espécies diferentes que vivem em água doce, como os Platys Molinésias (negra/balão), Guppies, Tetras, Ottos, entre outros.

A betteira ideal

aquário (ou betteira) para acomodar um único peixe (macho ou fêmea) deve ter pH entre 6.8 e 7.4, temperatura entre 24°C e 30°C, comportar no mínimo três litros de água e ser tampado. “A tampa impede que o peixe pule para fora, pois essa espécie é muito ativa e pode saltar até 3 cm acima da água”, explica. Outra dica é colocar um termômetro específico para aquarismo e aquecedor controlado por termostato temperatura de forma automática.

Saúde e vigor

Os peixes Betta podem ser alimentados por três fontes nutricionais: rações (granuladas ou flocadas),alimentos processados (patês e farinhas diversas) e micro-organismos vivos (comov ermes e larvas). A orientação do aquicultor é que a base da alimentação seja a ração. “A comida deve ser oferecida uma vez ao dia”, afirma. “Quanto à quantidade, como o tamanho do estômago dele é muito semelhante ao do aro de seu olho, dê comida suficiente para ocupar aquele espaço, nada mais”, orienta. Os peixes também precisam de exercícios. Expor o macho à sua imagem refletida num espelho diariamente por 15 a 20 minutos faz bem ao animal.“Esse ‘exercício’ mantém o Betta com cores vibrantes, vigoroso e sempre pronto para defenderseu território”, diz Marcio Luiz.

Fonte: http://revistameupet.com.br/outros-animais/saiba-mais-sobre-o-peixe-betta/927/

41 99893-4332
Oi! Estou entrando em contato pelo site, pode me ajudar?
fale conosco pelo
WhatsApp
WEB